Os serviços secretos ucranianos estimam que 6.000 militares russos se encontram na Bielorrússia.

Arquivo
Arquivo – Implantação de forças antiaéreas russas na Bielorrússia. – MINISTERIO DE DEFENSA DE RUSIA

Os serviços secretos ucranianos disseram na quarta-feira que cerca de 6.000 militares russos estão actualmente destacados na Bielorrússia, representando uma ameaça para o país no meio de uma invasão do território pelas forças russas.

«Actualmente, no território da Bielorrússia, o destacamento russo é constituído por mais de 5.800 soldados. Outra divisão mudou-se internamente na Rússia e dirige-se agora para a Ucrânia», disse Vadim Skibitsky, um oficial superior dos serviços secretos ucranianos.

Disse que estas tropas serão destacadas para a região de Lugansk, no leste do país, e assinalou que as unidades estão a ser enviadas para lá para formação, de acordo com a agência noticiosa Ukrinform.

«Este contingente é totalmente diferente (…) Não há aí nenhuma componente de aviação, apesar da formação. Também não há mísseis ou pára-quedistas», explicou, acrescentando que existem vários sistemas de defesa aérea S-300 e S-400 na Bielorrússia.

Fonte: (EUROPA PRESS)